História

A Escola São Francisco de Assis - Ex-Escola Paroquial São Francisco de Assis - iniciou suas atividades em 1956, funcionando num salão adjacente à Igreja Santo Antônio, no Jardim Bela Vista, cidade de Bauru, ideia nobre do bondoso Frei Elias, que pensou em aplicar o costume muito comum na América do Norte de se criar uma Escola junto à Igreja Paroquial.

Autorizado pelo Delegado de Ensino, resolveu instalar a Escola Primária. Essa foi uma forma muito oportuna de instruir as crianças que, não podiam frequentar outras escolas e, ao mesmo tempo, de incutir-lhes a fé, essa força extraordinária que transforma o homem em instrumento do bem.

No dia 15 de fevereiro de 1956, no salão paroquial da Igreja de Santo Antônio, dividido em quatro salas, Frei Elias instalou a escola Paroquial São Francisco de Assis, uma homenagem justíssima ao seu Pai Seráfico. Doze classes começaram a funcionar, em três períodos, com cerca de 500 crianças.

Com a ajuda de alguns operários da Noroeste, que eram paroquianos do Senhor Vigário, aquele salão pobre ganhou um aspecto escolar.

 

Não podendo dirigir a Escola, nem lecionar, procurou Frei Elias diversas Congregações Religiosas, para entregar-lhes a direção da obra; entretanto, nenhuma aceitou por falta de elementos. Por fim, recorreu à Madre Provincial das Irmãs Missionárias Zeladoras do Sagrado Coração de Jesus, e foi atendido. As Irmãs do Colégio São José deslocavam-se diariamente para o bairro Bela Vista, dando toda assistência à escola.

Em 17 de junho de 1957, a Escola foi declarada de utilidade pública: e foi registrada no Serviço Social, sob o n. ° 268, renovado posteriormente, para o nº 1884.

O Senhor Vigário continuou lutando para melhorar as instalações da escola. Posteriormente, conseguiu a doação de um terreno próximo à paróquia. Na solenidade da primeira formatura dos concluintes do curso primário, foi assinada a escritura de doação.

Com a vinda da Superiora Geral à Província Brasileira, ao visitar a Comunidade Religiosa da Escola São Francisco, vendo tantas crianças estudando em instalações precárias, compreendeu o alcance de tão importante obra e decidiu que fosse construído um prédio, custeado pela Congregação.

 

Após 11 meses, no dia 26 de dezembro de 1958, inaugurava-se a primeira ala. Não fosse uma vontade ferrenha, a fé, a harmonia do trabalho, evidentemente isso não teria sido possível.

A partir dessa data, formou-se a primeira Comunidade Religiosa, tendo como superiora a Ir. Olívia Santarosa e como membros a Ir. Finizia Lázara, Ir. Márcia Miranda e Ir. Josefina Lomuscio.

A Escola foi registrada no Departamento de Educação, Seção do Ensino Particular, sob n. ° 89, no dia 06 de novembro de 1958. Fundou-se em 1964 a Associação de Pais e Mestres.

Aos 12 de junho de 1967, em Assembleia Extraordinária, foi substituída a primeira denominação "ESCOLA PAROQUIAL SÃO FRANCISCO DE ASSIS" para "ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS" sendo aprovada a reforma do Estatuto, publicada no Diário Oficial de 27 de setembro de 1967, página 39.

 

Foi declarada de Utilidade Pública Federal, pelo Decreto n. ° 36.771 e firmado convênio com a Secretaria da Educação, de acordo com os termos que dispõe o Artigo 10 do Decreto Lei n. ° 177, de 31 de dezembro de 1969, processo que recebeu despacho sob n. ° 17.181/70, da Secretaria de Educação, publicado no diário Oficial de 10 de agosto de 1971.

Até 1972, a Escola São Francisco de Assis funcionou com alunos de 1.ª a 4.ª série. Em 1973, a pedido das famílias, teve início o curso Ginasial como extensão do Colégio São José desta cidade, funcionando, no primeiro ano a 5.ª, série; em 1974, a 5.ª e 6.ª, em 1975, a 5.ª, 6.ª e 7.ª finalmente, em 1976 a 8.ª série, quando houve a formatura da primeira turma.

Em 1976, pela Portaria CEI, de 29/12/1976, foi autorizado o funcionamento do 1.º grau completo, desligando-se do Colégio São José. A Escola mantinha ainda o Jardim da Infância, para crianças de 3 a 6 anos.

Na Escola São Francisco de Assis, havia muitos alunos carentes. Por esse motivo, organizou-se o setor de "PROMOÇÃO HUMANA". A Associação de Pais e Mestres ajudou muito a escola, sob todos os aspectos.

No dia 16 de setembro de 1976, foi solenemente inaugurada a Capela de Nossa Senhora das Dores, com Missa presidida pelo Bispo Diocesano - Dom Cândido Padin, OSB. No final desse mesmo ano, inauguraram-se as seguintes ampliações: sala de artesanato, sala de artes, cozinha para curso de culinária, ambulatório, gabinete dentário, sala da diretoria, sala de visitas, secretaria e tesouraria.

A Portaria CEI, de 07/03/1980, concede reconhecimento à Escola São Francisco de Assis; e a Portaria CEI de 21/01/1981, autoriza o funcionamento da pré-escola.

Agendamento de Visitas Alunos Novos 2017
PATROCINADORESBN Unifomes BN Bolsas FilantropicasBN Matrículas 2018BN_Lista de materiaisConcurso de Bolsas 2017
Relatório de Atividades 2016 IASCJ Entidade Filantrópica IASCJ
Galerias de Fotos
Revistas Digitais
  • Boletim Informativo Intensidade
Tour 360 Graus
Vídeos