Projeto de Formação 2017 – AtuAção

Imagem da Notícia

A afetividade tem um papel relevante na formação da personalidade do adolescente para seu desenvolvimento como ser humano. A educação humana exige afeto para fazer o bem, elevar a vida coletiva ao máximo de suas possibilidades, preservando a integridade de valores essenciais para escolhas assertivas.
Acreditamos na transformação que podemos promover a cada dia em busca do fortalecimento das relações humanas, onde a descoberta de novos caminhos ocorre através da troca de experiências e da empatia para superação dos desafios do cotidiano. Essa formação se faz na coletividade, na partilha e na troca.
Em busca desta socialização, interação e integração dos nossos alunos, iniciamos em 24 de abril, o projeto de formação, que chamamos de Projeto AtuAção, com o objetivo de promover o desenvolvimento de um indivíduo autônomo, que seja parte de um todo e que olhe para o seu espaço estabelecendo, na escola, um ambiente de reflexão e conciliação entre alunos, professores e funcionários, conscientes da necessidade das regras escolares e sociais como reguladoras do bom convívio.
Este projeto tem, ainda, por finalidade despertar e proporcionar uma reflexão sobre os problemas da atualidade: violência em relação às minorias, intolerância, mau uso da internet como ferramenta de agressões morais, crise de autoridade, entre outros, através de vivências que serão desenvolvidas, mensalmente, em sala de aula, com os professores.
Entendemos que, especialmente em 2017, quando o Colégio completa 80 anos, este trabalho, na instituição, será mais uma das marcas do nosso processo formativo.
O ponto de partida foi o trabalho realizado com os professores através de uma dinâmica de sensibilização e preparo para o desenvolvimento das vivências com os alunos, além do questionamento de condutas pertinentes ao ambiente escolar.
A partir deste momento, colocamos em prática a vivência 1 “Quem eu Sou, Faz a Diferença” que teve por objetivo promover o entrosamento e estreitamento de laços afetivos entre o grupo.
Nesta dinâmica, o professor contou uma história sobre uma professora que propôs aos seus alunos analisarem o impacto que o reconhecimento positivo pode ter nas pessoas, pedindo a eles que entregassem uma fita azul com os dizeres: “Quem eu Sou, Faz a Diferença” para aquelas pessoas que desempenharam um papel significativo em sua vida ou a quem valorizassem por suas atitudes, contando o que aconteceu depois disso.
Nossos alunos, então, identificaram uma qualidade do colega sentado ao seu lado entregando-lhe um cartão com a mesma frase utilizada pela professora da história, fizeram uma discussão e reflexão sobre o fortalecimento das relações pessoais quando salientamos os aspectos positivos das pessoas.
Com esta estratégia, não estamos deixando de perceber as dificuldades e defeitos, tanto em nós como nos outros, mas fortalecendo o que cada um tem de melhor e incentivando atitudes que levem a minimizar ou sanar os pontos negativos.
O convite é para você: a quem você entregaria este cartão?                                           
Todo mês postaremos um pouco sobre a dinâmica vivida! Acompanhem, ao longo do ano, o nosso projeto! Juntos faremos a diferença para um mundo mais fraterno!

Galerias
Projeto de Formação 2017 – AtuAção -



Conheça nossa infraestrutura
Agendamento de Visitas Alunos Novos 2018
BN Lista de Materiais 2015BN Lista de Livros 2015BN MatrículasBN ReflexãoBN Seguro Bradesco EducaçãoRedações em RedeBN Bolsas FilantropicasBN UnifomesMexa-seBanner Regulamento CEF Campanha de Matrículas 2017
Relatório de Atividades 2016 IASCJ
Galerias de Fotos
Revistas Digitais
  • Revista de Orientação Vocacional e Profissional
  • Sagrado Notícias
  • Revista Escola em Pastoral
Vídeos