Ensino Fundamental II

 

APRESENTAÇÃO E METODOLOGIA

 

A proposta pedagógica do Ensino Fundamental II segue a mesma linha dos demais segmentos, por isso prima por uma educação que abrange os processos de formação para a vida, envolvendo os conhecimentos teóricos e práticos com base currículo adotado, na vivência e no contexto social e familiar do estudante. Os pressupostos pedagógicos adotados nessa proposta estão pautados na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, no Plano Nacional de Educação, nas Diretrizes Curriculares Nacionais e Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

Para legitimar essa proposta adotamos princípios que referenciam a formação para o exercício da cidadania e a capacitação para o mercado de trabalho, visando o desenvolvimento da capacidade de aprender, tendo como metas o domínio das competências de compreensão de fenômenos socioculturais, econômicos e ambientais, interpretação textual, argumentação, capacidade de estabelecer conexões entre conceitos apresentados e contexto de vivência e raciocínio lógico, entre outras, garantindo uma aprendizagem significativa[1].

 

A gestão de aula é orientada por descritores de aprendizagem que descrevem as habilidades que os estudantes devem desenvolver ou aprimorar a partir do manuseio dos conteúdos conceituais propostos pelo currículo, buscando promover experiências cognitivas e sociais que perpassem pelos vários processos cognitivos, considerando o básico (compreensão e assimilação de conceitos), operacional (aplicação dos conceitos para resolver desafios) e global (síntese e avaliação da própria aprendizagem).

 

Os projetos pedagógicos interdisciplinares também são propostos anualmente e são desenvolvidos a partir de um tema gerador baseado em temáticas da atualidade, considerando os contextos sociais, políticos, econômicos, ambientais e culturais, motivando o estudante a utilizar diferentes linguagens e competências, que requerem o uso das novas tecnologias para a pesquisa, análise de situações-problema, proposição de soluções a partir de um discernimento próprio e defesa de opiniões construídas com argumentação consistente.  A metodologia trabalhada nessa linha integra aos conteúdos curriculares numa perspectiva interdisciplinar e transdisciplinar e a contextualização dos conteúdos, com ênfase na transposição da teoria para a prática, favorecendo a aprendizagem, confirmada durante a realização das avaliações de alta escala, como do tipo ENEM/ PAS/PROVA BRASIL e Olimpíadas do conhecimento.

 


[1] O termo “aprendizagem significativa” foi criado por David Ausubel e é utilizado para denominar a aprendizagem consolidada, que não se limita à memorização de conceitos, mas principalmente à ampliação e reconfiguração de ideias já existentes na estrutura mental a partir das relações que o sujeito que aprende é capaz de realizar.

Agendamento de Visitas Alunos Novos 2018 Cadastramento Árvore de Livros
BN Unifomes BN Listas de materiais 2017BN TarefasBN Roteiro de avaliaçõesBN Bolsas FilantropicasBN MatrículasAgenda VirtualFanpage - Cor JesuGuia do EstudanteWebmail
Relatório de Atividades 2016 IASCJ
Galerias de Fotos
Revistas Digitais
  • Revista Cor Jesu em Movimento
  • Revista Escola em Pastoral
Vídeos