O VESTIDO AZUL

Imagem da Notícia

Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita. Ela frequentava a escola local. Sua mãe não tinha muito cuidado e a criança quase sempre se apresentava suja. Suas roupas eram muito velhas e maltratadas. A sua professora ficou com pena da situação em que a menina se encontrava.
Como é que uma menina tão bonita, pode vir para a escola tão mal arrumada? Tenho que fazer algo para ajudá-la. Preciso ser proativa.
Então, a professora, separou algum dinheiro do seu salário e, embora com dificuldade, resolveu lhe comprar um vestido novo. Entregou a ela um lindo vestido. Ficou deslumbrante e muito feliz naquele vestido azul.
Quando a mãe viu a filha naquele lindo vestido azul, sentiu que era lamentável que sua filha, vestindo aquele traje novo, fosse tão suja para a escola.
Minha querida, acordei com um objetivo em mente. Você não pode mais ir à escola desse jeito!!! Dar-lhe-ei banho todos os dias, pentearei seus cabelos, cortarei suas unhas. Você a partir de hoje irá a escola toda arrumadinha.
O pai observando a sua filha tão linda e limpinha, falou:
Mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços? Em vez de descansar, farei o mais importante. Ajeitarei a nossa casa. Vou pintar as paredes, consertarei a cerca e plantarei um lindo jardim.
Logo mais, a casa se destacava na pequena vila pela beleza das flores que enchiam o jardim, e o cuidado em todos os detalhes. 
Os vizinhos ficaram envergonhados por morar em barracos feios e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores, usar pintura e criatividade. Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado. Aquela gente começou a pensar ganha-ganha.
Um religioso, que acompanhava os esforços e as lutas daquela gente, pensou que eles bem mereciam um auxílio das autoridades, pois eles primeiro compreenderam, agora seriam compreendidos. Foi ao prefeito expor suas idéias.
Prefeito, com todo o respeito, o senhor não acha que aquela gente toda está merecendo o seu esforço para que o bairro onde vivem melhore?
O prefeito, encantado com o que ouviu, autorizou que uma comissão fosse até o bairro para estudar os melhoramentos que seriam necessários. Assim a rua de barro e lama foi substituída por asfalto e calçadas de pedra. Todos daquele bairro criaram sinergia. Uniram-se com a ajuda da prefeitura e os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania.
E tudo começou com um vestido azul. Não era intenção daquela professora consertar toda a rua, nem criar um organismo que socorresse  o bairro.
Ela fez o que podia, a sua parte. O primeiro movimento que acabou fazendo que outras pessoas se motivassem a lutar por melhorias.
Será que cada um de nós está fazendo a sua parte no lugar em que vivemos? Estamos sendo proativos? Fazemos o mais importante? Pensamos ganha-ganha? Criamos sinergia?
Essa pequena história nos mostra o que é ser um líder. Você também pode ser um.

 

Galerias
O VESTIDO AZUL



Agendamento de Visitas Alunos Novos 2017
Conheça o site oficial de Madre Clélia
BN Unifomes BN Bolsas FilantropicasMaterial Escolar 2019Canal Nossa TVBanner Regulamento CEF Campanha de Matrículas 2017Horário laboratório de informáticaManual do Aluno 2018Downloads de Trabalhos EscolaresSistema Anglo - PlurallECEIscool appPastoral Familiar ClelianaSagrado StoreTreinamento Esportivo Gratuito
Relatório de Atividades 2016 IASCJ Entidade Filantrópica IASCJ
Galerias de Fotos
Revistas Digitais
  • Revista Escola em Pastoral
Tour 360 Graus
Vídeos